AOS MEUS ALUNOS DO PRÉ-VESTIBULAR QUILÔMBO ILHA Prof. Anchieta Pinheiro

PROF. ANCHIETA PINHEIRO - QUÍMICO INDUSTRIAL e MATEMÁTICO

A humanidade conheceu um lenhador vindo de uma familia humilde do condado de Hardin nos EUA que:Faliu no comércio aos 31 anos de idade.Perdeu para Estadual aos 32.Faliu novamente no comércio aos 34.Aos 35, sua esposa faleceu.Teve colapso nervoso aos 36.Perdeu a disputa para Prefeito aos 38.Perdeu para Federal aos 43.Perdeu para Estadual aos 46.Perdeu para Federal novamente aos 48.Perdeu para Senador aos 55.Perdeu para Vice-Presidente aos 56.Perdeu para Senador aos 58 Foi eleito Presidente dos EUA aos 60.Este homem foi Abraham Lincoln, um homem como qualquer outro que Em 22 de Setembro de 1862 publicou a proclamação que concedia a liberdade aos escravos dos Estados Confederados. Aos olhos das outras nações, a libertação deu um novo sentido à Guerra e abriu caminho para a abolição da escravatura em todo o país, em 1865.
Não percam seus ideais.
"Ando devagar, mas nunca ando para trás."--Abraham Lincoln

terça-feira, 29 de maio de 2012

LIGAÇÃO POLAR E APOLAR

Ligação covalente apolar - Os átomos ligados têm eletronegatividade igual.
Ligação covalente polar - Os átomos ligados têm diferente eletronegatividade. A toda ligação covalente polar está associado um vetor polarização, orientado da carga negativa para a positiva (vetor localizado no centro das distâncias entre as cargas). São polares quando sua eletronegatividade é menor que 1,7 e diferente de zero.
Ligação covalente polar - Ligação intermediária entre a ligação covalente apolar e a ligação iônica.
Polaridade das moléculas:
Molécula apolar - A soma vetorial dos vetores polarização associados a todas as ligações covalentes polares da molécula é nula.
Molécula polar - A soma vetorial dos vetores polarização associados a todas as ligações covalentes polares na molécula é diferente de zero.

Polaridade e solubilidade: Substância polar dissolve substância polar e não dissolve substância apolar. Substância apolar dissolve substância apolar e não dissolve substância polar.
A polaridade de uma molécula refere-se às concentrações de cargas da nuvem eletrônica em volta da molécula. É possível uma divisão em duas classes distintas: moléculas polares e apolares.
Moléculas polares possuem maior concentração de carga negativa numa parte da nuvem e maior concentração positiva em outro extremo. Nas moléculas apolares, a carga eletrônica está uniformemente distribuída, ou seja, não há concentração.
A concentração de cargas (em moléculas polares) ocorre quando os elementos ligantes possuem uma diferença de eletronegatividade. Esta diferença significa que um dos átomos (o de maior eletronegatividade) atrai os elétrons da nuvem com maior força, o que faz concentrar neste a maior parte das cargas negativas.
As ligações de dois átomos diferentes normalmente resulta em polarização (moléculas polares), já que os átomos possuirão eletronegatividades diferentes, como H2O, NH3 ou HF, embora, dependendo da distribuição dos átomos pela molécula, essas ligações não resultariam em polarização, como é o caso do CO2 e do CH4.
Ligações iônicas: ocorre transferência definitiva de elétrons, o que acarreta a formação de íons positivos e negativos, os quais originam compostos iônicos. TODA LIGAÇÃO IÔNICA É UMA LIGAÇÃO POLAR.
Ligações covalentes: a existência de pólos está associada á deformação da nuvem eletrônica e depende da diferença de eletronegatividade entre elementos.

A eletronegatividade varia da esquerda para direita e de baixo para cima na tabela periódica.
Ligação de dois átomos iguais resulta em moléculas apolares. Ex: O2, N2, Cl2.
A melhor forma para identificar se a molécula é polar ou apolar é através do cálculo do momento dipolar (μ): se ele for igual a zero a molécula é apolar e se for diferente de zero será polar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário